LOGO PNG.png

Conhecendo a Raquel

img-portugues.png

    Em 2004 recebi o diagnóstico de PERDA AUDITIVA NEUROSENSORIAL BILATERAL PROGRESSIVA, e por não aceitar a deficiência, escolhi a forma mais complicada de viver a surdez, conhecendo de perto todos os graus de perda auditiva.

 

   Em negação, fiquei dentro do armário da surdez, ficando especialista em leitura labial, eu mentia para todas as pessoas, e quase ninguém sabia da gravidade do meu problema. Cheguei até a acreditar que tinha problemas neurológicos e no decorrer dos anos a leitura labial perdeu força; para escutar precisei de um aparelho auditivo AASI (Aparelho Amplificador Sonoro Individual), mas por vergonha usava seu aparelho raríssimas vezes.

 

     Somente quando a ausência do som por completo chegou, resolvi buscar a ajuda de um profissional e resolvi fazer o implante coclear. A minha autoestima melhorou, o som chegou!

 

  Hoje transformei minha jornada da surdez em missão, sendo o meu maior sonho propagar a diversidade surda nos quatro cantos do mundo através de palestras, workshops, atividades beneficentes, entre outros, trazendo o sentimento de empatia para todas as pessoas e unindo a diversidade em um só movimento:

BORA COLORIR.jpg